Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Icone Notícia

Administração - Quinta-feira, 02 de Julho de 2020

Município de Itaí ganha selo ‘Prefeito amigo da criança’.

Apenas 15 municípios do Estado de São Paulo foram contemplados


Município de Itaí ganha selo ‘Prefeito amigo da criança’.

 

Itaí é um dos 125 municípios brasileiros certificados no Programa Prefeito Amigo da Criança, promovido pela Fundação Abrinq, que divulgou, na quarta-feira (1º), os vencedores da 6ª edição da premiação, que avaliou as gestões 2017-2020.

O programa é uma iniciativa da Fundação Abrinq criada, em 1996, com o intuito de mobilizar, engajar e apoiar tecnicamente os gestores públicos e suas equipes no planejamento e na implementação de ações e políticas que resultem em avanços na garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes. O programa cobre, em cada edição, um período de quatro anos, correspondente a uma gestão municipal.

A adesão ao programa é gratuita, não imputa aos prefeitos qualquer compromisso jurídico e garante, como contrapartida, suporte técnico em diversos temas relacionados à gestão das políticas da infância e adolescência.

Ao final de cada edição, o programa reconhece esforços de gestores públicos municipais e de suas equipes na promoção e defesa de direitos de criança e adolescentes.

Visando a esse reconhecimento, incentiva os prefeitos a se comprometerem no desenvolvimento de políticas públicas nas áreas da saúde, educação, proteção e na garantia de recursos do orçamento, de modo a assegurar os direitos e melhorar as condições de vida da infância e da adolescência nos municípios.

Foi a primeira vez que a gestão municipal de Itaí participou do programa e a primeira vez que um gestor do município é reconhecido como ‘Prefeito Amigo da Criança.’ Os destaques do município foram:

- Todos os docentes de creches públicas municipais com ensino superior completo em 2019.

- Redução de 15,5 pontos na taxa de mortalidade infantil do município. De 30,4 óbitos para cada 1.000 nascidos vivos, em 2016, para 14,9 óbitos a cada 1.000 nascidos vivos, em 2018.

- Aumento das matrículas em tempo integral em creches municipais próprias. De 0 matrículas, em 2016, para 151 matrículas, em 2019.

- Aumento de 5,8 pontos percentuais na taxa de matrículas na Educação Infantil (etapa creche). De 20%, em 2016, para 25,9%, em 2019.

 

FacebookTwitterWhatsApp

voltar para a listagem de notícias...